14.7 C
fpolis
quinta-feira, outubro 21, 2021
cinesytem

Queda da inadimplência deixa varejo catarinense otimista

spot_img

Queda da inadimplência deixa varejo catarinense otimista

spot_img

Balanço do SPC-SC de junho indica tendência de declínio no endividamento do consumidor

A inadimplência média do consumidor catarinense em junho foi de 3,1%, aponta o balanço do Serviço de Proteção ao Crédito do estado (SPC/SC). O número representa uma elevação de 28% em relação ao mesmo mês do ano passado, mas é menor do que o verificado em maio (4,22%). “Isso ainda é consequência da crescente alta de juros, combinada com a inflação”, explica Sergio Medeiros, presidente da Federação das CDLs de SantaCatarina (FCDL SC).

Apesar do percentual de consumidores inadimplentes ainda ser preocupante, os comerciantes mantêm o otimismo quanto às vendas. A expectativa positiva é reforçada pela curva descendente verificada no volume de dívidas não saldadas pelo SPC/SC. Depois de oscilar de 1,23% a 3,1% entre janeiro e março, o índice disparou para 5,16% em abril e começou a cair desde então.

“A fase mais crítica já passou”, acredita Medeiros. “Ainda assim, recomenda-se que o lojista seja cauteloso na concessão de crédito”, completa. No primeiro semestre deste ano, as consultas ao SPC-SC apresentaram um incremento de 6,4% frente o período idêntico de 2010. Considerando apenas junho, o desempenho – que, em certa medida, reflete o nível de atividade no varejo – sobe para 7,02% na comparação com 12 meses atrás.

spot_img
spot_img