17.6 C
fpolis
quarta-feira, julho 6, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Tempo dentro do tempo será lançado na Capital

Tempo dentro do tempo será lançado na Capital

spot_imgspot_img

No próximo dia 23 o professor e escritor Marcos Laffin lança na Capital seu segundo livro de poesias, intitulado Tempo dentro do tempo. Uma obra no qual os poemas, ora com teor cético, crítico e romântico, abordando relações amorosas, ora implacável e rigoroso, relatando as tramas e discrepâncias sociais, possibilitam ao leitor uma reflexão sobre o seu tempo.

“Neste livro, o eixo que constitui – e ao mesmo tempo desequilibra espaços, palavras e significados – é o tempo. Segurar o tempo, na busca incerta de apreendê-lo, confrontou-me com diversos temas: a infância, o amor, o abandono, a fome, a guerra, o corpo, o riso, a dor, o amargo, o doce entre outras tantas entranhas que estão no mundo e que eu habitei”, afirma Laffin.

Com uma linguagem objetiva o autor deseja mostrar aos leitores que o tempo, pode ser objetivamente domado quando conseguimos compreender a nossa existência em seus diferentes tempos. “O tempo também envelhece no tempo e nesse tempo envelhecido, plenamente cheio de saberes, de risos, o tempo também se faz algoz, mas, sobretudo, os tempos são sempre tempos de sentidos e significados do aprender e do viver plenamente”.

“Considero o poema como um lugar antes nunca habitado, um terreno baldio; portanto, a leitura e a construção do poema lhe permitem um atributo essencial e indivisível: de terra fértil e de mistério. Para escrever e organizar este livro, tempo dentro do tempo, enfrentei vários terrenos baldios, escavei as entranhas de suas possibilidades, e assim fui atribuindo significados àquilo que geralmente permanece encoberto, mas não invisível. Nesse eterno trabalho de recomeçar, busquei domesticar as coisas que estão no mundo: uma palavra, um verso, e às vezes o poema inteiro, sabendo que um simples vendaval poderia destituir toda essa percepção. Assim fui trabalhando os poemas pela apreensão do momento, negaceando e negociando com o tempo e, com isso o tempo se fez sempre presente”, completa Laffin.

Quando questionado sobre seu contato com a literatura, o autor afirma acreditar que sempre há uma história a ser contada sobre como as coisas que estão no mundo de como acontecem ou se apresentam em nossas vidas. “Tive o primeiro contato com a literatura na escola. Depois desse encontro, fluíram muitas leituras, discussões, algumas aprendizagens. A leitura de diferentes textos ou tipologias textuais está sempre presente. Na infância eu lia muito. Morava no interior, onde o tempo demora mais e onde existiam poucas atividades culturais. Logo, a leitura era uma forma de devorar o tempo”.

“Meu objetivo com esse livro é comunicar às pessoas que gostam e que têm interesse na leitura de poemas uma certa compreensão, mediadas pela estrutura poética, dos fenômenos existentes no mundo e apreendidos pela escrita, e das formas como estes eventos podem se constituir e se expressar em singularidades”, finaliza.

Sobre o autor

Marcos Laffin é natural de Jaraguá do Sul, residiu muitos anos em Joinville e desde 1997 fixou residência em Florianópolis. Professor universitário de contabilidade, sempre participou de diversos grupos de estudo de poesias. Foi um dos fundadores do Grupo de Poetas Zaragata de Joinville. Atuante nos Projetos culturais: Poesia em Transito, Pão com Poesia. Poesia Na Praça. Autores na Escola e Varal de Poesia. Foi componente do PROLER – Comitê Regional Joinville.

Casado, pai de três filhos, o autor dedicou sua carreira ao meio acadêmico, no qual possui uma obra especializada publicada, De contador a professor: a trajetória da docência no ensino superior de contabilidade, fruto de seu doutorado em Contabilidade.

Além disso, publicou seus poemas em antologias e no ramo literário possui outro livro publicado, Estivador, em 1990.

Sobre o evento

No próximo dia 23 de abril Marcos Laffin lança tempo dentro do tempo (Ed. da UFSC; 111 págs.; R$ 20,00) na Livraria Livros e Livros, na Rua Jerônimo Coelho, no Centro de Florianópolis, a partir das 19 horas.

spot_img