20 C
fpolis
sábado, outubro 23, 2021
cinesytem

Comemoração dos 50 anos da Udesc reúne mais de 700 pessoas no CIC

spot_img

Comemoração dos 50 anos da Udesc reúne mais de 700 pessoas no CIC

spot_img

Mais de 700 pessoas prestigiaram a cerimônia dos 50 anos da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) na noite desta quarta-feira, 20, data de aniversário da instituição, no Teatro Ademir Rosa, do Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis. O evento teve a presença de alunos, professores e técnicos da Udesc, familiares, gestores públicos, dirigentes universitários e representantes de entidades da sociedade civil. As informações são da Assessoria de Comunicação do Governo do Estado.

No palco, estiveram reitor da Udesc, Antonio Heronaldo de Sousa; vice-reitor, Marcus Tomasi; professor Celestino Sachet, reitor entre 1968 e 1974; vice-governador do Estado, Eduardo Pinho Moreira; secretário estadual da Educação, Eduardo Deschamps; e deputado estadual Darci de Matos, que representou a Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc).

Durante duas horas, a solenidade prestou homenagens aos reitores que comandaram a Udesc nesse meio século de história e a personalidades, com a entrega da Medalha Governador Celso Ramos, e também homenageou o ex-governador Luiz Henrique da Silveira, que foi professor da universidade nos anos de 1960 e 1970 e morreu na semana passada, em 10 de maio.

O público assistiu a apresentações da Orquestra Acadêmica da Udesc e do Coral da Udesc, respectivamente sob regências dos maestros João Eduardo Titton e Sérgio Figueiredo, professores do Centro de Artes (Ceart). Outras peças musicais foram executadas pelas professoras Alicia Cupani (soprano) e Bernardete Castelan Póvoas (piano), que também se apresentou com o professor Luís Cláudio Barros (piano).

A cerimônia teve ainda o lançamento oficial da "Revista Udesc 50 anos: a trajetória da Universidade dos Catarinenses", a exibição do documentário do cinquentenário da universidade, produzido pela TVAL, da Assembleia Legislativa, e a entrega de kits com sacola ecológica, revista, pen drive em formato de cartão e CD da Orquestra 

Homenageados

A solenidade desta quarta-feira entregou a Medalha Governador Celso Ramos para reitores da Udesc e para familiares e amigos de reitores pelas suas atuações à frente da universidade.

Foram homenageados os professores Elpídio Barbosa; Orlando Ferreira de Mello; Celestino Sachet; Arnoldo Cuneo; Antonio Grillo; João Nicolau Carvalho; Lauro Zimmer; Rogério Braz da Silva; José Carlos Cechinel; Antônio Diomário de Queiroz; Anselmo Moraes; Sebastião Melo; e Antonio Heronaldo de Sousa.

Em nome de todos os reitores, o professor Sachet fez o discurso, lembrando fatos da sua gestão e dos objetivos da Udesc: educação e desenvolvimento. Também vislumbrou como estará a universidade no centenário, totalmente modificada pelos avanços do conhecimento, como a inteligência artificial.

A medalha também foi entregue a Carlos Henrique Ramos Fonseca, neto do governador Celso Ramos, em cujo governo a Udesc foi criada; ao ex-govenador Casildo Maldaner, em cujo governo a universidade obteve sua autonomia plena; o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Sérgio Gargioni, pelo projeto PAP Externo, inédito no Brasil; e ao vice-governador Pinho Moreira, pelo apoio do governo estadual.

O ex-governador Luiz Henrique da Silveira, que também ganharia a medalha, recebeu homenagem póstuma. O público assistiu a trechos de uma entrevista concedida por ele em março deste ano aos servidores Sergio Sestrem e Jonas Pôrto, do Centro de Ciências Tecnológicas (CCT).

No vídeo, Luiz Henrique falou do orgulho de ter trabalhado na Udesc, da satisfação de ver o sucesso profissional de ex-alunos e da contribuição da universidade para a aceleração do desenvolvimento de Joinville a partir dos anos 70.

Música

A Orquestra e o Coral da Udesc executaram os hinos nacional e estadual na cerimônia. Além disso, a orquestra apresentou a música "Carinhoso", de Pixinguinha, e o coral cantou a música "Certos Amigos", de Daniel Lucena, da banda catarinense Expresso Rural.

A professora Bernardete Castelan Póvoas executou a peça "Frevo", de Ronaldo Miranda, em um piano a quatro mãos com o professor Luís Cláudio Barros, assim como as peças "Melodia Sentimental" e "Bachianas nº 5", de Heitor Villa-Lobos, com a professora e soprano Alicia Cupani.

spot_img
spot_img