21.5 C
fpolis
terça-feira, novembro 30, 2021
cinesytem

Exame laboratorial identifica os tipos de vírus respiratórios mais comuns

spot_img

Exame laboratorial identifica os tipos de vírus respiratórios mais comuns

spot_img

Internações de crianças por doenças respiratórias virais voltam a subir; teste disponível no Santa Luzia sinaliza se é Covid-19 ou não.

Florianópolis, novembro de 2021 Problemas respiratórios causados por vírus que não são o coronavírus já causam mais internações de crianças do que a Covid-19. É o que os boletins mais recentes da Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz) mostraram nas últimas semanas. Os pacientes mais atingidos são crianças entre 0 e 9 anos e os principais agentes responsáveis por essas infecções respiratórias são o parainfluenza tipos 3 e 4, vírus sincicial respiratório, rinovírus e o bocavírus.

De acordo com a endocrinopediatra e diretora médica do laboratório Santa Luzia, Myrna Campagnoli, o aumento nos casos de síndromes respiratórias virais em crianças está, em parte, relacionado à retomada das atividades presenciais, em especial a volta às aulas. Essa realidade ainda está conectada com o período da primavera, quando surgem vários quadros alérgicos que podem predispor às doenças respiratórias.

“A maioria das infecções virais respiratórias e das alergias causa sintomas muito semelhantes ao de um resfriado comum, como coriza, tosse, espirros e febre. Esses sintomas também são facilmente confundidos com os da Covid-19, o que pode acender o alerta dos pais e responsáveis”, afirma a doutora. “Em um momento de pandemia, a tendencia é presumir que esses sintomas estão relacionados à Covid, mas nem sempre é o caso”, continua a especialista. Existem exames que podem tirar essa dúvida, tranquilizar a família e o paciente e ainda evitar faltas nas atividades escolares. É o caso do Painel Respiratório, que faz parte do catálogo de exames do Santa Luzia, unidade de medicina diagnóstica que integra a Dasa – maior ecossistema integrado de saúde do país.

Segundo Myrna, o Painel Respiratório é um exame que identifica os quatro tipos de vírus respiratórios mais comuns, inclusive o Sars-CoV-II. “Ele é um excelente aliado para esclarecer as dúvidas dos pais que estão com crianças com sintomas respiratórios em casa. Confirmando que não é Covid ou outra doença altamente contagiosa, a família poderá optar por manter a frequência dos filhos nas escolas mesmo com algum desses sintomas”, esclarece.

Como se proteger dos vírus causadores de problemas respiratórios

Existem algumas medidas simples que podem ser tomadas para evitar o contágio dos vírus causadores de problemas respiratórios, como explica a diretora médica do Santa Luzia: “as mesmas medidas adotadas para evitar o contágio do coronavírus podem ser aplicadas para minimizar o risco das demais doenças virais como garantir a circulação de ar dos ambientes, usar a máscara de proteção e fazer a higiene correta das mãos”.

editor.deolhonailhahttp://www.deolhonailha.com.br
O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.
spot_img
spot_img

Leia mais